quinta-feira, 22 de março de 2012

Expŕessões revelam tudo sobre nosso sentimento

Os cientistas Sabine Stepper e Fritz Strack pesquisaram os sentimentos emocionais e não-emocionais. A pergunta dos pesquisadores era se as expressões que refletem sentimentos emocionais também determinam da mesma forma os sentimentos não-emocionais. Para eles, a palavra sentimento, normalmente usada para descrever experiências de afeto e emoção, também pode ser empregada para descrever episódios que não são ou não carregam significados tão profundos como afeto ou amor.

» O que a linguagem corporal e organização dizem sobre nós?

» 9 maneiras de perder peso usando seu próprio peso corporal

» 10 benefícios que sorrir pode trazer que você não sabia

Exemplos de sentimentos não-emocionais seriam a fome, fadiga, esforço, familiaridade, surpresa ou até a “sensação” de reconhecimento que podemos experimentar. Esses eventos não são considerados emoções, mas podem ser identificados como sentimentos, tanto no sentido cientifico como no cotidiano.

Para tanto, foram realizados dois experimentos. No primeiro, os cientistas variaram a postura do
corpo dos participantes. Os resultados revelaram que quando os participantes obtinham sucesso em uma tarefa e sentiam-se realizados, esse sentimento era interpretado melhor através de uma postura ereta e vertical ao invés de uma aparência curvada.

Os resultados do segundo experimento, realizado para testar o sentimento de esforço, revelaram que ele era influenciado positivamente pela contração do músculo da testa. Além disso, os pesquisadores identificaram que o esforço era mais bem reconhecido e considerado se os participantes contraíssem esse músculo.
Fonte: noticias.universia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário